Biblioteca

Biblioteca

Acervo Eletrônico - FNB | Faculdade Nazarena do Brasil

Pesquisa


Orientações:
  • Para efetuar uma pesquisa, informe palavras chaves e não insira artigos ou preposições, em um ou mais campos (Titulo, Assunto ou Autor).
  • Se for informado mais de um campo, a busca será composta com os dados indicados.
  • Se o campo Pesquisa Livre for indicado, a busca será efetuada automaticamente nos campos do Titulo, Autor e Assunto.
  • O resultado será apresentado em ordem alfabética de título.

[ Leia o regulamento ] [ Informações da Biblioteca ]


Biblioteca Virtual Universitária
Alunos da FNB também possuem acesso à Biblioteca Virtual Universitária da Pearson!

Clique aqui para acessar   * Será necessário autenticar com o seu usuário do Moodle.



REGULAMENTO DA BIBLIOTECA ELTON WOOD

Art. 1º - A Biblioteca Central da Faculdade Nazarena do Brasil destina-se a atender ao corpo docente e discente e tem profissionais credenciados para as seguintes atribuições:
a) Registrar, catalogar, classificar e manter conservado o acervo bibliográfico.
b) Organizar os serviços de informações, intercâmbios e reproduções de documentos relativos ao ensino e à pesquisa.
c) Manter atualizadas as bases de dados bibliográficas e desenvolver as bases de dados digitais e de produção acadêmica.
d) Arrolar para a aquisição, as obras necessárias à atualização do acervo mantendo indicações do corpo docente e discente.
e) Outras, conforme a legislação pertinente.

Art. 2º - O usuário da Biblioteca da Faculdade Nazarena do Brasil poderá, após inscrição, consultar e emprestar livros, periódicos, CDs, DVDs, partituras e outras obras intelectuais incorporadas ao acervo.

Art. 3º - São indicados exclusivamente para consulta local os materiais da coleção de referência – dicionários, enciclopédias, atlas – e os de coleções de reserva, compreendendo obras raras, um exemplar de bibliografia básica ou complementar, obras danificadas.

Art. 4º - A inscrição como usuário da biblioteca será deferida aos professores contratados e aos alunos regularmente matriculados nos cursos da Faculdade Nazarena do Brasil, mediante a simples apresentação do documento de identidade acadêmico.
Parágrafo 1º - Nos casos de transferência, desligamento ou desistência, o usuário efetuará o cancelamento da inscrição e solicitará certidão negativa de obras em débito junto à Biblioteca Central.
Parágrafo 2º - A documentação relativa à transferência ou desligamento do usuário somente será fornecida pela Secretaria Geral com a apresentação da certidão referida no parágrafo anterior.

Art. 5º - Nos atos de empréstimo, reserva e renovação o usuário apresentará o cartão de matrícula da Biblioteca, podendo emprestar, ao mesmo tempo, um número máximo de seis exemplares, dentro dos seguintes limites individuais:
a) Livros: máximo de três, para devolução em sete dias;
b) Periódicos: máximo de três para devolução em sete dias.
Parágrafo 1º - A renovação pode ocorrer quantas vezes forem necessárias e sua concessão dependerá de inexistência de reservas para o exemplar solicitado.

Parágrafo 2º - A reserva de material pode ser feita pessoalmente ou por meio eletrônico quando disponível.
Parágrafo 3º - Não é permitido ao docente permanecer o semestre com livros da bibliografia básica ou complementar.

Art. 6º - É vedado falar em aparelhos de telefonia celular, falar alto, comer, beber ou fumar no recinto da Biblioteca, sendo dever de todos manter o ambiente apropriado para leituras e estudos.

Art. 7º - As salas de estudo da Biblioteca pode ter ser espaço utilizado para aulas ou reuniões de grupo, desde que previamente agendado com as bibliotecárias e cumprindo o artigo anterior.

Art. 8º - Aplicam-se aos infratores desse regulamento as seguintes penalidades:
a) Advertência na hipótese de não cumprimento do art. 6º ou e retirada do recinto nos casos de perturbação da ordem;
b) Suspensão de dois dias para cada dia de atraso de empréstimos, com cobrança de multa diária de R$ 2,00 (dois reais), não podendo o usuário efetuar novos empréstimos durante esse período;
c) Em caso de danos ou perda ocorridos e independentemente das penalidades aplicáveis, o usuário deverá indenizar, pelo seu valor, o material retirado, comunicando o ocorrido à Biblioteca, no prazo do vencimento do período de empréstimo e recolhendo o valor pertinente em até 30 (trinta) dias contados da emissão do boletim de ressarcimento.

Art. 9º - A Biblioteca funcionará ininterruptamente das 17h00 às 22h30, de segunda a sexta, no período acadêmico, e nos períodos da manhã, nos sábados e nas férias, quando agendado.

FACULDADE NAZARENA DO BRASIL
Regulamentação da Biblioteca J. Elton Wood

  1. Registro - A Biblioteca J. Elton Wood iniciou suas atividades em 1962, como biblioteca do Seminário Teológico, sendo transferida para a Faculdade Nazarena do Brasil em 2007. Está cadastrada no Conselho Regional de Biblioteconomia 8ª Região, sob número de registro 3254 e no e-MEC sob número 11643.
  2. Comissão de Biblioteca - A Biblioteca trabalha em conjunto com as coordenações dos cursos, sendo considerada parte essencial no cumprimento dos seus projetos pedagógicos, sendo que a participação de bibliotecários, nas reuniões de coordenação de curso, substitui a comissão de biblioteca, num processo mais dinâmico.
  3. Recursos Humanos - A Biblioteca conta com duas bibliotecárias, em regime de tempo parcial, sendo uma bibliotecária de serviços técnicos, Sandra Lane Bruno, Conselho Regional de Biblioteconomia - CRB 8ª Região, nº 2806, responsável pela administração da biblioteca, pelo desenvolvimento das coleções, através de aquisição de itens bibliográficos, e pelo controle bibliográfico, através da manutenção e atualização das bases de dados dos vários materiais, sendo também responsável pela catalogação na fonte de livros editados pela FNB, e Odete de Moraes, CRB- 8ª Região n° 2556/8, bibliotecária de referência, que executa tarefas de apoio a alunos e professores, dando assistência a pesquisas, levantamentos bibliográficos, normalização de trabalhos com base nas normas da ABNT, serviço de empréstimo, estudo de usuários e estatísticas.
  4. Estudo de Usuário – O estudo de usuários utiliza métodos de observação, entrevista e questionários. De observação, quando os bibliotecários irão acompanhar o grau de satisfação dos usuários em relação aos serviços prestados, áreas com acervo insuficiente ou desatualizado, adequação do regulamento e da sinalização. De entrevista, quando é estabelecida uma pesquisa por amostragem, ou por qualificação, para identificar o perfil dos usuários, suas necessidades e expectativas em relação à Biblioteca. Questionários, quando listas de perguntas aos usuários são usadas como ferramentas de decisões da Biblioteca.
  5. Política de Desenvolvimento de Coleções – A política de desenvolvimento das coleções abrange a aquisição de material bibliográfico, onde são prioridade as obras de autores clássicos de cada área e áreas correlatas, obras recentes, bem como de assuntos gerais, em qualquer formato bibiográfico (obras de referência, livros e periódicos em papel, online, gravados, etc.). O critério de seleção tem como partida as recomendações do MEC e as indicações de cada coordenação de curso. A política de desenvolvimento de coleções abrange, em segundo lugar, a atualização e expansão do acervo, que ocorrem de forma contínua a partir das solicitações dos docentes da Instituição, bem como de pesquisas realizadas através de estudo de usuários, suas sugestões, estatísticas da biblioteca e índices de leitura. As compras são restritas ao orçamento anual previsto. e, finalmente, a política de desenvolvimento de coleções prevê a transferência de itens para bibliotecas afins, e o desbaste de material obsoleto e/ou mutilado.
  6. Informatização da biblioteca – O processamento técnico da Biblioteca está totalmente informatizado, e utiliza o software de controle bibliográfico sistema Libros, que possibilita o armazenamento, atualização, recuperação e disseminação de informação de maneira simples e rápida. O catalogo da Biblioteca é disponibilizado nos computadores locais e online, através do site da instituição.
  7. Tratamento técnico do acervo – O tratamento técnico adota o Sistema Decimal de Dewey, para classificação e o Código de Catalogação AngloAmericano, AACR2, para catalogação dos itens bibliográficos.
  8. Descrição do acervo – O acervo possui 13.000 livros, sendo 4.300 na área de Teologia e os demais nas diversas áreas do conhecimento, 88 títulos de periódicos registrados, vídeos, CDs, DVDs.
  9. Redes de informação acessadas – É disponibilizada ao aluno, a Biblioteca Eletrônica,de links e pdfs, com bases de dados, revistas eletrônicas) e ebooks em acesso aberto, de domínio público, para incentivo da pesquisa e leitura online. A Biblioteca Eletrônica é constantemente atualizada e recebe a cooperação de professores e alunos.
  10. Preservação e conservação de acervos – A Biblioteca possui iluminação com luz fria, proteção contra incêndio, controle ambiental através de ar condicionado, mantendo o ambiente estável, bem como fazendo o controle de umidade. O acervo está disponível em estantes conjugadas e estantes individuais, metálicas, sendo mantido higienizado.
  11. Programas de atividades – A Biblioteca fornece local e subsídios para leitura de revistas, livros, apresentação de filmes... A divulgação do acervo é feita através de exposições temáticas e/ou de livros recém-adquiridos, e de comunicação com os usuários através de boletins por e-mail. Também os professores são convidados a dar aulas, agendadas, nas salas de estudo. A Biblioteca pretende ser um espaço de troca de experiências e de práticas acadêmicas. O serviço de empréstimo permite a leitura domiciliar.
  12. Área física - A área física possui espaço para expansão do acervo, três áreas de estudo em grupo, e o estudo individual é feito em mesas coletivas, na área de leitura. O material especial e multimídia são armazenados em sala separada. Os portadores de necessidades especiais contam com fácil acesso à biblioteca. A distância entre as estantes é suficiente para o transito em cadeiras de rodas.